Páginas

terça-feira, 8 de março de 2011

A influência dos estadunienses



Desde os tempos da Guerra Fria, os ESTADOS UNIDOS DAS AMÉRICAS exercem forte influência sobre o mundo, porém hoje eu já não chamaria isso de influência, e sim de "domínio", porque estamos cansados de ver, que em qualquer parte do mundo, em qualquer conflito, os EUA estão lá, opinando, argumentando e agindo.
Em tensões como a que houve no final do ano passado entre as Coréias, os EUA foram lá, entre as fronteiras, treinar suas tropas. Agora, em todos os conflitos do Oriente Médio, eles estão lá, e ainda argumentam que a ONU não pode deixar que isso aconteça, mas desde seu surgimento, quem realmente "manda" nela são os EUA. E em problemas políticos fortemente ligados à religião, creio que nós, os ocidentais, não temos o direito de interferir em um problema que é tão diferente da nossa realidade.
Mas ainda existe alguns lugares que não abaixaram a cabeça para eles, e um que julgo de extrema importância é a Líbia, porém, esse país vive sobre o poder de um ditador, e no momento ainda se encontra com o regime abalado, devido as revoluções, mas o que os EUA fazem eu também não chamaria de democracia.
Não é preciso nem imaginar, pois a realidade que vivemos é a de um mundo todo que caminha sobre as ordens de uma única nação.
... E até quando vamos abaixar nossas cabeças e deixar isso acontecer?

Nenhum comentário:

Postar um comentário