Páginas

domingo, 20 de março de 2011

Nada

Em uma manhã ensolarada
Um dia todo para ainda ser vivido
Nenhum grande objetivo.

Uma canção triste
Os acordes já não são mais os mesmos
As cordas já não vibram mais.

O ar fica seco,
As flores perdem a cor,
mas não o perfume.

As palavras perdem o som,
no meio do nada.
Que importância há nisso?

O desespero me acalma
A dor me salva
A tristeza me faz sorrir.

Não importa o que acontecer
Eu estarei aqui,
mesmo que seja despercebida.

Hoje é assim,
amanhã também será,
mas isso só o tempo vai poder confirmar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário