Páginas

quinta-feira, 21 de julho de 2011

No País das Maravilhas, será?

      Não sei qual a real razão de meus pais terem escolhido meu nome, Alice, porém ele gera muitas "piadinhas", todos me perguntam "É a Alice do País das Maravilhas?", no começo me irritava bastante, mas hoje já me acostumei. Mas agora acontece algo estranho em minha vida, percebo que talvez possa ter tido essa fase, e sim, estado no País das Maravilhas por um tempo, mas agora sei que já acordei, entretanto, o meu País era bom, ótimo para ser mais franca.
      Ano passado, sem sombras de dúvidas, posso dizer que foi um dos melhores anos da minha vida, não diria o melhor, porque não devo desprezar todo o meu passado, e lembrar apenas dos momentos bons, mas hoje eu percebo que fantasiei muitas coisas, pessoas, amizades e valores. Hoje estou acordada para a realidade, sei que parece estranho, mas é o que sinto agora, como se tivesse vivido um sonho. E esse era mágico, quase perfeito, feliz, estava cheio de pessoas boas, sentimentos bons, com direito a trilha sonora, de ótima qualidade.
      Foi uma fase muito importante para mim, mas agora vejo o quanto posso ter sido tola, ou não, porque pode ter sido tudo verdade, tudo sincero e muito real, mas essa sombra vem me perseguindo, talvez tenha me impedido de viver um pouco do meu presente, mas agora não, eu sei que ficou só na lembrança, nada voltará mais, porém tenho certeza absoluta de que esse ano mudou minha vida para sempre, além disso, algumas pessoas serão eternamente lembradas com carinho por mim, poderia até citar o nome de algumas, mas elas sabem muito bem quem são, e o quanto fazem bem para mim.
      Apesar de tudo, percebi que uma parte dessas pessoas que só me fizeram bem no ano passado, hoje estão contra mim, não querem mais o meu bem, e é exatamente esse ponto que me confunde, será que elas foram sempre sinceras comigo, ou eu vivi uma mentira durante um ano inteiro, será que o passado foi realmente verdadeiro, ou estava simplesmente obscuro e meus olhos não foram capazes de enxergar isso. É estranho, mas hoje paro para pensar: "Terá sido um sonho, como o da Alice das histórias, será que eu estive no País das Maravilhas e não sabia, pois só acordei agora?".
      Já perdi as contas de quantas vezes parei para pensar nisso, mas essa dúvida me atormenta todas as noites, eu sei que foi bom, eu tenho certeza, mas até onde eu estava certa, até onde essas pessoas realmente me amaram? Eu não posso deixar um passado tão maravilhoso para trás, mas também não posso permitir que ele me impeça de seguir em frente com os meus próximos sonhos, mesmo que esses não sejam tão reais quanto o do meu País das Maravilhas.
      Eu vivi, eu aprendi, e hoje eu escrevi tudo aquilo que estava bagunçado na minha cabeça, tudo aquilo que queria compartilhar com alguém, agora resta descobrir a resposta, se é que ela existe, mas isso já não importa tanto, porque eu precisava desabafar, e isso eu consegui. O importante é saber que esse meu sonho me proporcionou muita felicidade, e que com ele eu aprendi lições importantíssimas, que serão valiosas eternamente, além disso, várias pessoas continuam no meu caminho, mesmo distantes, e ainda nos amamos muito, e espero que essas pessoas verdadeiras possam estar ao meu lado sempre, nos momentos bons e ruins, e principalmente quando eu alcançar o meu principal objetivo, quero que elas estejam ali, do meu lado, para comemorar comigo uma conquista que elas fizeram parte. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário