Páginas

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Deixe


Deixe que o tempo fale mais uma vez,
apesar de poder sofrer, talvez.

Deixe a lua brilhar novamente, 
mesmo que não seja como deveria ser exatamente.

Deixe que os passos te levem,
e que as feridas sequem.

Deixe que a chuva caia,
assim como nos dias de falha.

Deixe que pensem o que quiser,
para que quando tudo se desfizer,
você não seja a primeira a sofrer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário