Páginas

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Vida, o que é ela?

     É estranho falarmos de vida se não sabemos o que ela realmente significa. Quantas vezes nos deparamos com questões incógnitas e não sabemos resolvê-las? Pior ainda é quando nos acomodamos a determinada situação, e então, ficamos com medo de mudar aquela rotina, e dessa forma perdemos a chance de arriscar, descobrir um pouco mais sobre o mundo e, principalmente, perdemos o desejo de questionar.
     A comodidade é um dos maiores males enfrentados na vida de uma pessoa, ainda mais quando essa é um jovem, que ainda tem uma vida toda pela frente esperando que ele reaja e se sinta seguro de si mesmo. A verdade é que as mudanças trazem medos e inseguranças, e é ai que nos perdemos e fraquejamos. Para que mudar algo que já está tão habituado?
     Porém, nunca devemos nos esquecer de que a vida é uma só, o dia de hoje será somente este, o amanhã já será muito diferente, e por isso devemos arriscar, por que não? Mesmo que erremos, a vida é construída de fases, isto é, tudo passa, e para quase tudo há uma maneira de se refazer, a única coisa que não volta é a vida, por isso só devemos ter medo da morte.
     E ainda devemos levar em conta que somos feitos de questionamentos, nada teria surgido sem tentar pela primeira vez, não devemos nos encabular ao enfrentarmos um novo desafio, temos o direito de indagar sobre tudo nessa vida, não podemos nunca deixar que o medo abafe a nossa voz, e muito menos, a nossa emoção.
     Assim, concluímos que a vida é uma só, e não precisamos ter medo dela, apesar de que nunca saberemos qual o seu verdadeiro significado, mas isso não importa, devemos nos preocupar com o hoje, porque o amanhã será outro dia bastante diferente.


Nenhum comentário:

Postar um comentário