Páginas

sexta-feira, 2 de março de 2012

"A vida da gente"

     Chega um momento que você aprende! Sim, aprende que tudo que acontece na sua vida é necessário e indispensável, e por isso, você é capaz de enfrentar situações nunca antes imaginadas e se descobre uma pessoa forte, mesmo que a dor pareça pesada demais, um dia ela passará, porque tudo muda, estamos submetidos a uma sequência sucessiva de acontecimentos, cada vez mais drásticos, mais rápidos e menos irreversíveis. Nunca nada será igual, nunca será novamente, para falar a verdade, nem sei se a essa altura da minha vida ainda considero a palavra "novamente". Coisas que eu pensei sentir eternamente, hoje vejo que não são nem importantes para mim, pessoas antes indispensáveis, hoje estão distantes, hábitos que julgava fazer parte da minha personalidade não são mais lembrados.
     Não existe uma dor ou um problema maior que o outro, todos são iguais, a diferença está nas pessoas, que têm uma "medida" para tudo na vida. Sabemos que as coisas não funcionam bem assim, não é porque seu problema seja mais complexo ou demorado que se deve ignorar os problemas alheios. Essa necessidade de ser melhor que o outro o tempo todo acaba destruindo valores, e até mesmo pessoas! A vida nos leva para caminhos diferentes, mas aquilo que foi bom fica para sempre, o amor nunca acaba, mas se transforma.
     Eu nunca me esquecerei dos momentos em que fui feliz, mas também recordarei com orgulho dos momentos difíceis que me fizeram amadurecer e me mostraram o caminho certo. Hoje eu não sei exatamente o que quero, e na verdade, nunca saberei, nem tudo é planejável e muito menos fácil de decidir, entretanto aprendi que tudo é possível, cada problema traz junto uma solução, uma nova maneira de pensar. O que passou, nunca mais voltará, entretanto, outras coisas boas virão, mesmo que demorem...
     Sinceramente, não posso dizer que aproveitei muito a minha vida e que fiz tudo que queria fazer, deixei muita vontade para trás e praticamente nunca agi por impulso. Não me arrependo de nada disso, porque se não fosse assim, não seria eu. A minha vida se resumiu em estudar, nada além disso, e mesmo assim, muita gente não gostou do que viu, não aprovou o que fiz e tem gente que nem reparou. Parte dessas pessoas estiveram comigo e me fizeram enxergar coisas novas, mas muitas desejaram me fazer infeliz e passarem por cima dos meus valores.
     Hoje sei que tudo isso foi preciso para que eu pudesse ser quem sou hoje, tudo me levou a chegar até aqui, e por isso, agora estou tão perdida, talvez tenha perdido essas pessoas que sempre me apararam, e pela segunda vez na vida, tenho que aprender a caminhar, sem o braço de ninguém para me apoiar. Sei que os primeiros passos serão difíceis, mas ao fim da caminhada, tudo compensará!

6 comentários:

  1. Awn! *-*
    Eu amei, amei mesmo, o seu post!
    Belo texto, incrível!

    Beijoca.
    Rafa.
    www.artesaliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Alice!
    Primeira visita aqui. Seguindo.
    Gostei muito do blog e do texto.
    Abraços...

    http://pollymomentos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh que bom que você gostou! :D
      Vou te seguir também!

      Excluir
  3. Oi, tudo bom?
    Obrigada pelo comentário lá no blog e desculpa pela demora em responder, estava numa péssima semana, mas já estou aqui.
    Adorei o texto, muito lindo, parabéns pela escrita.
    Território das garotas
    @territoriodg
    Bjss *-*
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir