Páginas

terça-feira, 1 de maio de 2012

Lembranças

     Já não são mais os mesmos amores. A vida trouxe várias mudanças, desde suas roupas aos seus animais de estimação, tudo mudou! Era tão bom poder se apegar a tudo. Você nunca pensava em ter que se desfazer das suas coisas favoritas, pensava que elas nunca iriam embora... Ahhh, ainda me lembro de alguma camiseta que pensei não poder viver sem, e aquele ursinho com o qual eu dormia todas as noites? Onde foi parar todas essas coisas? Por que agora eu tenho que perder esses valores? Já não posso mais dizer que não consigo viver sem o meu cachorro, ou então, que eu preciso vestir um short para que me dê sorte. Tudo isso agora é visto como algo errado, que não pode fazer parte de mim mais. Queria tanto ser aquela pessoa que ainda ficava em dúvida sobre qual roupa combinava melhor com sua boneca, mas bom mesmo era cobrir todos os seus bichos de pelúcia e nunca deixar nenhum deles sentir frio durante à noite.
     E tudo isso passou e agora está preso a um passado tão distante, algo quase intacto, sem marcas, sem dor, sem coisas ruins... Foi tudo muito perfeito, exatamente como contam os livros de história, mas acabou... E não volta mais, nunca mais. Daqui para frente é só desapego, mudança, rotina, essas coisas chatas que me contavam e eu nunca acreditei que pudesse existir. Hoje eu descobri que tudo acaba, tudo pode mudar. Amizades se transformam, ora crescem, ora se acabam. Animais morrem, pessoas se vão, preferências se trocam e assim por diante. Mas uma coisa que nunca poderá te deixar são as lembranças, as boas lembranças!



Nenhum comentário:

Postar um comentário