Páginas

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Aquele que não tem um título

Eu não sei como começar,
Assim como também não sei quando isso começou.
Eu deveria estar longe daqui,
Mas criei em você, a coragem de voltar para o meu lugar.

Eu criei expectativas demais,
A dor também foi grande, mas aprendi com ela.
É melhor se decepcionar com quem se ama,
Do que com quem acabou de conhecer.

Ainda que tenha sido da maneira errada,
Ajudou a ensinar a forma certa.
Ainda que se tenha enganado,
Ajudou na percepção.

Cada dia que passa, o coração se acalma.
Cada noite mal dormida, uma nova ideia.
Cada gota de chuva no telhado, uma melodia.
Cada novo sentimento e emoção, uma nova pessoa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário